Tuesday, December 29, 2009

URGÊNCIAS EM DEZEMBRO...

Clique na imagem para ampliar e ler melhor...
Não sei se por causa da gripe (não havia tanta gente a tossir como isso...) se por dramas diversos ( basta referir os coxos - como eu - que não eram poucos...) a urgência do hospital CUF Descobertas estava cheeeeiiiiiia!

Fui para lá perto das cinco da tarde, por um lado por pensar que a essa hora já não haveria muitos casos na bicha, por outro lado porque me convenci que o pé (a articulação do tornozelo, mais precisamente) só tinha tendência a piorar, a engrossar, o que vinha acontecendo desde manhã.

Bem, o facto é que gramei seis horas desde que entrei (a estimativa, quando me inscrevi era de 2,5 a 3 horas a ser atendido, no que nem falharam... faltava só o resto, desde ser atendido até a coisa acabar), ainda fui à farmácia aviar a receita e cheguei a casa a rasar a meia noite.

Podia ser pior...

Aí abaixo, um update, no dia seguinte, mostrando o trambolho dos dois lados.

Ganda porra!!!

5 comments:

Maria de Fátima said...

partiste, torceste, teve derrame, inchou?
ai irmão que aflição
e dói?
caiste, empurraram-te?
que melhores
e o reveilloon?!!!

mac said...

Juventude, mais que a enchente na CUF (Dezembro de chuva) m´espanta que não saibas. Atão caíste do Evereste a meio da noite e nem deste por nada?!?

Marques Correia said...

Pois, a verdade é que não sei mesmo - acho que foram mesmo inchaços de geração espontânea.
Ou foi coisa ligeira; acho que se caísse do Evereste (mesmo que um Evereste pequenino) dava por ela.

Maria de Fátima said...

porra! essas fotos não estavam? inchou mais?!!!!!!!!!!

Marques Correia said...

Ué?!
Isto é um post dinâmico, que se vai actualizando, o que é que pensavas?!
O pé não melhorou logo, ontem tive que ir ao hospital mas disseram-me que era mesmo assim (devagar, devagarinho...) mas lá me aumentaram a dose e hoje a coisa já está melhor.
Mas mesmo assim tive que cancelar o reveillon, que o pé não dá para andar (não o devo apoiar) quanto mais para dançar.

Que se lixe. Podia ser pior!